segunda-feira, 8 de maio de 2017

Johnny

Hoje o Johnny, o gatinho da casa de meus pais e irmão, virou estrelinha. Partiu. Quietinho como viveu. Se despediu de todos do seu jeitinho. Tinha nove anos. E deixa uma saudade que teremos que aprender a conviver. É uma pena que meu sobrinho não vai poder conviver com o amigo gatinho que guardava seu berço desde que nasceu.
Só podemos agradecer pelos dias felizes que tivemos. Vai tranquilo, vai em paz amiguinho, obrigada pelo amor e carinho!

A historinha do Johnny Boy está nesse link aqui.




sábado, 31 de dezembro de 2016

Feliz 2017

E, então, um novo ano chegando. 
Aqui na casinha, 2016 foi dureza, Mas também foi um ano de superação. Mina não passou muito bem no comecinho do ano mas se recuperou bem e  completou em outubro seu 15º aniversário. Meu Ricardo adoeceu - sofreu um infarto e passou por uma angioplastia - mas superou a doença e encerra esse ano renovado. Se por um lado, foi um dos anos mais difíceis que passamos, foi também um ano vitorioso, por sobrevivermos à ele e termos a chance de recomeçar. Por alguns momentos perdi o chão e fiquei muito perdida, mas consegui me equilibrar e ficar forte para prosseguir.
Ouvi, em uma conversa cotidiana, palavras tão delicadas e espontâneas da minha filha Marina, que me fizeram muito feliz. Ela nem imagina o tanto que fiquei tocada com o que ela me disse.
E também foi o ano que nasceu o meu pequeno Totolino - meu sobrinho Alexandre, primeiro filho de meu único irmão. Um sopro de alegria na nossa vida.
Continuo acreditando em dias melhores e em um futuro promissor. Acredito no poder do pensamento e das atitude corretas.

Que 2017 seja generoso para todos nós, traga muita saúde, alegrias, amores, risadas, tranquilidade, bons amigos, boas oportunidades. E equílibrio.
Um brinde à felicidade!! 














quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Simples, simplesmente, simplificado, simplificando


O amor não é ensinado... O amor se sente.







quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Feliz Natal e Feliz 2016

Que tenhamos um Natal bem feliz e um novo ano cheio de saúde, tranquilidade, equilíbrio e muita prosperidade.
Meus sinceros votos de muita energia positiva e bons pensamentos por todo 2016, atraindo felicidade e  harmonia!



terça-feira, 8 de setembro de 2015

Saudades desse cantinho.
Mina está bem. Ela evita ao máximo a fadiga, escala tudo o que pode ao invés de saltar... Mas, na verdade sempre foi assim hehe. Continua um doce de gatinha, rabugenta, curiosa, queridinha, folgada e resmungona. E dorminhoca, muito dorminhoca... Edredom, cobertor, cafofinho... se for quentinho ela está dentro.
Tem largado de mão a casinha de papelão que gostava de brincar (e que deu origem ao nome deste blog). Seu novo cafofo eleito é um pedacinho de manta acrílica, que dobrado ao meio forma um quadrado bem levinho. Ela parece o Bob Esponja deitada lá, as vezes com um pedacinho de pernoca de fora :))  Posso molda-lo também em forma de tubinho e é lá que ela se diverte, espia e controla a casa... e cochila. Nada boba essa gatinha... coloco o cafofo sobre minha a cama ou sobre a cama da Marina... macio levinho, quentinho, confortável...














quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Tem biXoooo na Casinha

Esta, agora, é uma casinha de bicho e biXo!!! Eu aqui estou toda feliz :-) Minha Marina foi aprovada no vestibular para Matemática da UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul!! Foi um ano inteiro de estudo e dedicação. Aqui no Brasil chamamos biXo - assim mesmo, com "x" - o estudante que ingressa na universidade. Minha filhota foi aprovada em PRIMEIRO LUGAR! Em quatro anos esta casinha terá uma Bacharel em Matemática :-)
E hoje minha doce universitária está fazendo aniversário - está completando dezenove anos. A alegria desse dia está especial.

Mina é nossa gatinha da sorte. Quando a adotamos, Marina ia fazer seis anos e estava entrando no jardim da infância e agora -  treze anos depois - Marina brinca que Mina a está levando para a universidade :-)

Mina está super bem, recuperou-se e continua a fofura de sempre. Mas mais chegada em mim do que já foi. Digamos que está me dedicando  um carinho mais especial.
Que este seja um ano de boas energias e que bons ventos soprem para todos em 2015!!


sábado, 20 de setembro de 2014

Tchau inverno, bem vinda primavera!

Até que enfim. Apesar do inverno não ter nos castigado tanto dessa vez, é com muita alegria que abro os braços para receber minha amiga primavera. Novos ares, tempo ameno e Mina bem melhor!
O resultado dos exames dela mostraram a taxa de proteína bem elevada. Mina desenvolveu uma crise de cálculo renal. Finalizamos a medicação, alteramos sua alimentação para uma ração específica ao problema e à sua idade e a melhora ocorreu finalmente. Vem ganhando peso lentamente e já está quase fofinha como antes.
Mina após despertar da anestesia que fez para coleta da urina e exame sanguíneo, veio devagarinho pra perto de mim, encostou sua cabeça no meu pescoço e ali ficou, buscando proteção. Sinto que surgiu uma conexão ainda mais forte entre nós, como se ela soubesse que eu não tinha faltado com ela na sua necessidade, com plena consciência de que ficamos ao seu lado, medicando, cuidando, fazendo companhia. Sei que ela confiava em mim desde filhote mas sei também que agora ganhei um plus na sua gratidão e no seu respeito.
Depois da tempestade, o processo de cura é cuidar rígidamente da alimentação da moça - nada de sachês, nada de proteína - apenas ração renal. E dar muito amor e carinho. E essa parte é mo-le-za :)





terça-feira, 19 de agosto de 2014

Na expectativa...

Mina terminou o segundo tratamento há doze dias e hoje os sintomas retornaram, mais brandos, mas evidentes. Ja contactei o vet dela e amanhã ela coletará urina e sangue para sabermos qual linha de tratamento deveremos adotar dessa vez... Felizmente ela adormeceu e assim se estressa menos. Amanhã será sedada para a coleta da urina e já a coloquei em jejum... Ela emagreceu bastante apesar de ter bom apetite e beber bastante água.Espero que ela passe bem à noite, pois será um dia punk...
Tenho entrado pouco aqui, na medida do possível... Torçam pela minha Mininha, pensamentos positivos são sempre bem vindos :) Beijocas

*******Atualizando 21-08-2014
00:14 h

Parece que tenho um elefante sentado no meu peito... Precisamos aguardar o resultado dos exames. A urina está visivelmente alterada e o vet não descarta um problema renal. Mina está estressada, cansada e enjoada da sedação. E a meiguinha é tão doce que mesmo dodói parece tentar nos fazer agrados.
São Francisco, proteja minha Mina.



sexta-feira, 25 de julho de 2014

Cistite...

Uma semana depois de encerrado o tratamento, houve uma recaída. Mina ficou mais abatida, o olhar de dodói dá uma dó... Vet já entrou com o tratamento. Mais medicamentos, mais injeções, tudo mais forte. E ainda tem esse frio que demorou pra chegar no sul e resolveu dar a cara logo agora que preciso de tempo bom e mais quentinho pra ajudar na recuperação dela!

Força minha gatinha, vamos lá! Essa família te ama muito e precisa muito de ti. Fica boa logo, meu docinho!


sábado, 19 de julho de 2014

Cistite na Casinha

Depois de onze anos, Mina apresentou novamente um quadro de infecção urinária. Notei ela indo até a área de serviço várias vezes à noite, fui espiar e percebi que ela estava com dificuldade para urinar. Chamamos o veterinário pela manhã e de lá pra cá - além das injeções -  foram doze dias de antibióticos e protetor hepático. Ela já está bem, mas ficou delicadinha durante o tratamento, o que não a impediu de espernear em cada administração dos medicamentos. Alívio, minha queridinha melhorou e eu tenho certeza que - apesar dela espernear muito- ela sabia que eu estava cuidando dela. Anda num chamego que só vendo.
O aparelho urinário dos gatos é bem delicado e ao menor sinal de modificação no comportamento deles é necessária a presença imediata do veterinário, para evitar qualquer comprometimento renal.


(antes da consulta com o vet)


(logo depois da consulta com o vet)


 (durante o tratamento - ownnnn)


(Êba, já recuperada, só um pouquinho mais magrinha)


Agora, segue um relato do ocorrido pelo ponto de vista da Mina. Ela faz questão de contar com seus próprios miados (e rosnados) o que houve... 

"Olá pessoal! Que meleca! Não bastava eu me sentir estranha e ter vontade de ir no banheiro toda hora, minha mãe ficava me espiando e chamava o papai e a Marina para espiar também. Falta de privacidade TOTAL.
Depois chamaram aquele veterinário de mãos enormes, que me aperta e cutuca e não tem medo de mim e não dá a mínima para meus rosnados... Bem folgado ele...

(pobre de mim depois de tomar remédio de gosto ruim)

E pra me culminar, ele disse pra mamãe que eu tinha que tomar injeção. Nem uma, nem duas, mas TRÊS INJEÇÕES!!! T-R-Ê-S!! Ultrajante!! Minha coxinha ficou doendo, até manquei.
Pra não falar dos remédios com gosto horroroso que me colocaram na boca na marra. Um abuso. Doze dias assim! Isso é praticamente igual a passar doze anos em Azkaban!
Ai, ai, dei jeito de melhorar rápido antes que inventassem de me dar mais injeção. Mamãe é boa gente e carinhosa e geralmente eu a enrolo numa boa, mas pra dar remédio não tem moleza com ela! 
Miau para todos".



sábado, 14 de junho de 2014

The Furrllowship of the Ring

Vi lá no face do Filmow e amei, muito fofo, muito furrrrrrrr!
Mina também curtiu, afinal de contas, assim como Gandalf, ela também é uma Cinzenta :)






quarta-feira, 19 de março de 2014

Olá outono!

Com a águas de março levando embora o verão, retorno ao bloguinho. Em março sempre fico mais animada e esse verão quente foi um exagero. Minoca também saiu do recolhimento de seu veraneio para uma rotina um pouco mais ativa, típica de outono. Já corre pela casa, brinca, fica na janela, conversa... sim, porque minha felina filha está se revelando uma senhorinha cada vez mais tagarela ;) Perambula articulando o som de um marreco e será uma velhota bisbilhoteira e chegada em uma bela fofoquinha, rs.

Passou por esse quente verão gaúcho sem escapar do banho - coisa que detesta - e pegou com isso uma enorme implicância com o banheiro, ficou tempos sem nem passar perto da porta, trocando, assim, a água da torneira pela da tigela. Aos poucos, com muita paciência e sem nenhuma pressa, vou conquistando a simpatia da garota e comigo ela tem entrado no banheiro e subido na pia para beber água, mas com o Ricardo - que lhe deu o banho ( o autor do crime) - e com a Marina - que riu muito (cúmplice inescrupulosa) - ela não quer saber de assunto, kkkkkkk.
Pura sacanagem esse banho, afinal de contas, como ela mesmo expressou em miados longuíssiiiiiimos, nem estava tão quente assim para tamanha desfeita (só uns quarenta graus).

Esse ano ela fará treze anos e nela noto sinais dos anos passados. Mina dorme muito, brinca mas cansa muito mais rápido, salta bem menos e prefere, disparadamente, lugares mais planos do que as alturas - aliás, nem quando meninota ela foi uma gata saltadora... 
E descobri também que a felina xereta é vidrada em cheirar um suco verde. Tenho bebido seguidamente o tal suquinho de couve, maçã, limão, abacaxi e cenoura  e percebi que a espaçosa gosta de fuçar o que vou tomar com o seu focinho xereta. Ela não bebe, nem mesmo gosta dos legumes servidos separadamente - só brinca, mas fica beeem piradinha no cheirinho batido, parece catnip, haha... "piri pipiri pipiri piri piradinha ela tá maluca... ela tá doidinha piri pipiri pipiri piri piradinha, ela tá maluca...fora da casinha" (afff...)



(Eu, hein??? eles que gostam de banho no tal chuveiro e eu é que sou doida?! Humanos... humpf...)




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...