quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Bem vindo 2011

...



Passado a correria do Natal, começam as reflexões do ano que vai embora. Temos a tendência de começar a pesar uma coisa aqui, outra coisinha ali... O que tem que ser feito é levantarmos um bom brinde e nos alegrarmos com as coisas boas que nos aconteceram, lembrarmos com carinho de tudo e todos que passaram e participaram das nossas vidas. E celebrarmos muito a chegada do novo ano. Afinal, ele traz consigo uma gama de possibilidades para fazermos coisas maravilhosas. Como sempre, está tudo nas nossas mãos. 2011 nos oferece a possibilidade do recomeço. Podemos escolher sermos felizes, sermos bons. Podemos escolher sermos gentis, solidários, generosos. Podemos fazer com que esse ano seja inesquecível, memorável.
E do ano que está partindo, tragamos apenas as boas lembranças e as lições que aprendemos, para que, assim, melhoremos o nosso futuro. Que prósperos e felizes sejam nossos dias!

Agradeço com muito carinho à todos vocês que por aqui passaram em 2010 e que aqui deixaram um pedacinho seu.
Um brinde à 2011. Desejo à todos boas escolhas, muita saúde, felicidade, sorte, amor. E dinheiro também, afinal, ninguém é de ferro hehehehe.



Feliz Ano Novo!! Tim tim!!!








...

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Feliz Natal

>>>




Desejo à todos os queridos amigos que visitam a Casinha
um Natal maravilhoso, mesa farta e que fartos também sejam seus corações: fartos de alegria, de fé e harmonia. E eu digo Harmonia mesmo, não apenas a palavra que vem impressa nos cartões de Natal, mas o sentimento que nos proporciona um bem estar único, nos enche de serenidade e esperança e nos faz acreditar que podemos fazer do mundo um lugar melhor para viver.
Nessa noite mágica, distribuam fartos e sinceros abraços, celebrem muito e sejam felizes.





Feliz Natal!!!




...

sábado, 18 de dezembro de 2010

História do Natal: origem, Papai Noel e suas roupas, chaminé...

...

Adoro com tudo fica bonito em dezembro. Aqui no sul tudo fica bem enfeitado para o Natal: lojas, casas, ruas, praças e até mesmo as janelas dos apartamentos são decoradas.
Mas, apesar de achar tudo muito lindo, eu me sinto um pouco triste nessa época. Acho que é pelo final do ano que vem vindo, sei lá. Escapo ao máximo da loucura de dezembro e procuro pensar mais no verdadeiro espírito da época, que é compartilhar, doar.
Navegando (xeretando) internet afora, pesquisei alguns dados sobre a história de Natal e repasso aqui nesse post algumas coisas legais que encontrei sobre o Natal.



Origem: Foi somente no século IV que o 25 de dezembro foi estabelecido como data oficial de comemoração. Na Roma Antiga, o 25 de dezembro era a data em que os romanos comemoravam o início do inverno.
Embora tradicionalmente seja um feriado cristão, o Natal é comemorado por muitos não-cristãos, sendo que alguns de seus costumes populares e temas têm origens pré-cristãs ou seculares.
Segundo estudiosos, a data de 25 de dezembro não é a data real do nascimento de Jesus. A Igreja entendeu que devia cristianizar as festividades pagãs que os vários povos celebravam por altura do solstício de Inverno. Portanto, o dia 25 de dezembro foi adotado para que a data coincidisse com a festividade romana dedicada ao "nascimento do deus sol invencível", que comemorava o solstício de inverno. Esse dia era tido também como o do nascimento do misterioso deus persa Mitra, o Sol da Virtude. Em vez de proibir as festividades pagãs, a igreja forneceu-lhes uma linguagem cristã (*** é a velha lei da adaptação: se você não pode com eles, junte-se a eles rsrsrsrsrs).




- Papai Noel: A figura do bom velhinho foi inspirada num bispo
chamado Nicolau, que nasceu na Turquia em 275 d.C (mais tarde, canonizado São Nicolau). Sendo um homem de bom coração, costumava ajudar as pessoas pobres, deixando saquinhos com moedas próximas às chaminés das casas. Sempre oferecia presentes aos pobres e salvava marinheiros vítimas de tempestades. Por essas e por outras, São Nicolau virou o padroeiro das crianças e dos marinheiros. A “fama” que ele ganhou por dar presentes às crianças chegou aos Países Baixos pelos marinheiros do país que o conheceram e espalhou-se pelo mundo.





Entrando pela Chaminé: Há várias curiosidades sobre a entrada de Papai Noel ser feita pela chaminé.
Alguns estudiosos defendem que se deve ao fato de que várias pessoas tinham o costume de limpar as chaminés no Ano Novo para permitir que a boa sorte entrasse na casa durante o resto do ano.
Já na Finlândia, os antigos lapões viviam em pequenas tendas que pareciam iglus e que eram cobertas com pele de rena. A entrada para essa “casa” era feita em um buraco no telhado (*** uau, que prático, hein? kkkkk).



- Roupas do Papai Noel: Antigamente, ele usava cores que tendiam mais para o marrom e costumava usar uma coroa de azevinhos na cabeça.
Em 1931, em uma campanha publicitária, a Coca-Cola mostrou o Papai Noel com o mesmo figurino criado pelo cartunista alemão Thomas Nast em 1886 na revista Harper’s Weeklys, com cinto preto e roupa vermelha e branca, já que essas eram a cores do refrigerante. A campanha publicitária fez um grande sucesso. Apesar da Coca-Cola ter contribuído para difundir e padronizar a imagem actual, não é responsável por tê-la criado.





- Árvore de Natal: Acredita-se que esta tradição
começou em 1530, na Alemanha, com Martinho Lutero. Lutero reproduziu com galhos de árvore, em sua casa, a beleza dos pinheiros cobertos de neve que viu enquanto caminhava pela floresta. Além das estrelas, algodão e outros enfeites, ele utilizou velas acesas para mostrar aos seus familiares essa bela cena que havia presenciado.
Esta tradição foi trazida para o continente americano por alguns alemães, que vieram morar na América durante o período colonial.



- Presépio:
No ano de 1223, São Francisco, no lugar da tradicional celebração do natal na igreja, festejou a véspera do Natal com os seus irmãos e cidadãos de Assis na floresta de Greccio. São Francisco começou então a divulgar a idéia de criar figuras em barro que representassem o ambiente do nascimento de Jesus. Já no século XVIII, a recriação da cena do nascimento de Jesus estava completamente inserida nas tradições

de Nápoles e da Península Ibérica.
Neste mesmo século, vindo de Nápoles, o hábito de manter o presépio com figuras de barro ou madeira difundiu-se por toda a Europa e de lá chegou ao Brasil.









pesquisa:
http://www.diocesearacatuba.com.br/
http://vintageimagesepostais.blogspot.com/
http://wikipedia.org

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Mina trabalhando com o papai e Níver do Johhny

..


pescoço gordinho kkkkkkk

rabinho de vírgula


carinha linda da mamis

Toda vez que o Ricardo termina de fazer uma maquete e a traz até em casa a Mina estaciona ao lado dela e... congela. Cheira, olha, cheira de novo. Parece que brinca de estátua rsrsrsrsrs. Fica um amor, sentadinha do lado. Já o Johnny... Com ele não dá pra vacilar. Se ele puder, ele desaparafusa o acrílico e vai pra dentro da cobertura da maquete, de tão xereta que é aquele gatinho safado kkkk.


Essa maquete da foto está indo para a África - trabalho muito bonito de Ricardo.

A Mina se empolga é com a caixa de papelão que o Ricardo faz para o transporte da maquete. Parte pra dentro dela e ou dorme a valer ou fica de tocaia, esperando pra saltar no primeiro desatento que passar.
Eu brinco que, apesar da Mina não sair de dentro de casa, os pêlos dela já viajaram pelo mundo afora nessas caixas de papelão, já foram a muito mais lugares que eu kkkkkkkkkkk.


*** Dia 07 de dezembro o Johnny fez 3 aninhos. Tem a mesma idade do Miguel da Aninha - Anjogatos -, e pelo que ela comenta, além da idade eles compartilham o talento para travessuras. Saúde e felicidades sempre, querido Johnny!!


(Johnny pequeninho, em 2008 no colo do meu pai; em 2009 ganhando colo da Marina; agora, em 20010 no colo da minha mãe)

Achei esse poeminha navegando uma noite dessas. Mas o Johnny dos meus pais não é tão quietinho quanto o do poema. Não mesmo.



"Johnny
meu companheiro
quietinho
de nome americano
dorme bem quentinho
durante todo o ano
Johnny, Johnny
meu querido bichano"
Leninha

>>>



quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Ajudante(?) de Natal

.

glitters




Minha ajudante teve uma eficiência duvidosa: na hora de montar a árvore de Natal, eu arrumava de um lado e minha ajudante (des)arrumava do outro. Isso sem contar quando fugiu (muuuuiitas vezes) carregando enfeites na boca. E quando cansou, deitou pra dormir por cima de tudo o que conseguiu acomodar embaixo do seu mini corpinho.


Não se deixem enganar pela cara de inocente que Mina fez na hora da foto: depois de posar, se espreguiçou, chacoalhou a árvore e derrubou enfeites pela milionésima vez.
Aliás, ter árvores de Natal que "sambam" é um privilégio que só quem tem gatos em casa pode usufruir kkkkkkkk.


(Que ela não saiba, mas a verdade é que adoro muito essa bagunça).


=^;^=

*** Atualizado às 19:30 hs
Hoje estou fazendo 21 anos de casamento. Te amo Ricardo!

PALAVRAS VELHAS

Sente-se aqui,
Vamos conversar;
Mesmo que tudo tenha sido dito
E todas as palavras sejam velhas
Entre nós dois.
Mas, nesta saudade de hoje,
Deixe que eu me engane
E como se fossem coisas novas
Diga tudo de novo
Para você.

Wilson Mello Filho


domingo, 31 de outubro de 2010

Halloween

.



História do Dia das Bruxas


O Halloween é uma festa realizada em grande parte dos países ocidentais. Nos Estados Unidos ela chegou em meados do século XIX, levada por imigrantes irlandeses.

Mas a história desta data comemorativa tem mais de 2500 anos. Surgiu entre o povo celta, que acreditava que no último dia do verão (31 de outubro), os espíritos saíam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos.

Para assustar estes fantasmas, os celtas colocavam, nas casas, objetos assustadores como, por exemplo, caveiras, ossos decorados, entre outros. O 1º de novembro marcava o início de seu Ano Novo e a passagem dessa data era comemorada com o festival de Saimhain - o Lorde da Morte.
Por ser uma festa pagã foi condenada na Europa durante a Idade Média, quando passou a ser chamada de Dia das
Bruxas. Aqueles que comemoravam esta data eram perseguidos e condenados à fogueira pela Inquisição.
Com o objetivo de diminuir as influências pagãs na Europa Medieval, a Igreja cristianizou a festa, criando o Dia de Finados (2 de novembro).

*Curiosidade: originalmente, esculpiam-se nabos e colocavam neles uma chama. Só muito mais tarde - lá por 1800- é que os irlandeses começaram a esculpir as abóboras.




Podemos dizer que desejar "FELIZ HALLOWEEN" é desejar que você fique livre dos maus espíritos, das más energias que possam interferir no seu dia a dia.
Portanto... FELIZ HALLOWEEN!!




=^;^=





fonte: wikipedia; solarnavigator

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Palavras tem poder?!

Já diz o ditado: "Quem tem boca vai a Roma".


Eu sou uma mulher quieta, silenciosa (tá bom, confesso: de vez em quando sou meio turbulenta e ranzinza kkkk). Não sei se por natureza. As vezes acho que escolhi ser assim. Os gatos me atraem muito nesse sentido: sabem usar o silêncio, enche-lo de significado. Mas também acredito que as palavras são muito importantes, mágicas. E devem, sim, ser usadas. Expressar admiração, orgulho, amor. Acho fundamental colocar isso em palavras. As outras pessoas, sejam elas filhos, marido, namorado, amigos, pais, enfim, não podem passar a vida pressupondo nossos sentimentos, pressupondo nosso apoio, nosso incentivo. O silêncio é sábio. Mas saber o que dizer é único.

É natural desenvolver um canal de comunicação silencioso com as pessoas de quem somos próximos. Uma capacidade muito legal que adquirimos ao longo da convivência, com o passar do tempo, onde as pessoas, de alguma forma, simplesmente sabem o que as outras pensam. Isso é mágico, é especial. Mas nunca devemos deixar as palavras de lado. Não é preciso falar muito. Longe disso. Apenas dizer o que se pensa. Com sinceridade e tato, sabe? Simples assim.
É bom pra quem ouve. E também é bom pra quem diz.

:)


Romance das Palavras Aéreas de Cecília Meireles:
"...Ai, palavras, ai, palavras,
que estranha potência a vossa!
Todo o sentido da vida
principia à vossa porta;
o mel do amor cristaliza
seu perfume em vossa rosa;
sois o sonho e sois a audácia,
calúnia, fúria, derrota...”

Beijocas e ótima semana :))

=^;^=








sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Final de semana

=^;^=

O fim de semana vai ser na correria aqui em casa. Vamos aproveitar para dar uma geral no apartamento: lixar, pintar, consertar, martelar, enfim... Vai virar uma bagunça rsrsrsrsrs. Mina vai "detestar".



Para relaxar à noite, já separei um filme que adoro. Vou de "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain". Já assisti várias vezes, mas cansada, será uma boa pedida na hora de me atirar no sofá. Depois de um belo banho, com uns petiscos caprichados que vou preparar, não saio de casa por nada kkkkkkkkkk. E domingo às 23 hs ainda estréia a nova temporada de "¨The Amazing Race" no Discovery (adoro).
Beijocas




¨¨¨¨


Paredinhas prontas: deu um trabalho... mas valeu a pena. (As 3 primeiras fotos são da minha sala e a 4ª fotinho é da parede do quarto da Marina)





=^;^=

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

"...Foi o vinte de setembro...

...o precursor da liberdade."

Não podia deixar de escrever aqui hoje. É um dia muito especial aqui no Rio Grande do Sul. Neste dia, em todos os recantos, os gaúchos comemoram a Revolução Farroupilha.
Foi a partir da Revolução Farroupilha que se estabeleceu a identidade do povo gaúcho, com seus ideais de igualdade e liberdade. Também chamada Guerra dos Farrapos, a batalha foi considerada a mais longa da história brasileira, com duração de 10 anos (1835/1845), envolvendo em suas lutas os mais diversos segmentos sociais e sendo proclamada a República Rio Grandense.
A cada 20 de Setembro, nós, gaúchos, reafirmamos o orgulho de nossas origens e o amor por nossa terra.

"... Mostremos valor constância
Nesta ímpia e injusta guerra
Sirvam nossas façanhas
De modelo a toda terra
..."






TE AMO RIO GRANDE!!!








(google imagens/paginadogaucho.com.br)

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Cortina (por enquanto) Nova

Acho que foi assim mesmo, de repente, que Mina chegou a conclusão de que, afinal, não é tão adulta assim, e pode muito bem fazer coisas de filhote curioso.
Semana passada troquei a cortina da sala e notei que no dia seguinte pareciam haver fios enrugados na bainha dela. Quando passava pela sala à noite, vi a cortina balançando ao vento e Mina abaixada ao lado do sofá, rebolando e preparando o salto. Mirou, pulou e atacou a minha linda e novinha cortina, como se nunca tivessa visto uma na vida. Quando me viu não correu: atacou com mais vontade ainda o tecido. E depois deitou de barriga pra cima pra ganhar carinho. E fez a mesma cara de fofa da foto abaixo.





Quem tem gato é assim mesmo. Ocasionalmente - diria até inevitavelmente - a mobília terá a marca pessoal deles. Pêlos, sofá arranhado, fiapo na cortina, pegadas na pia limpinha do banheiro... Quem não aceita isso tem que ter em casa bicho de pelúcia.


A gente arruma a casa e eles dão o toque deles kkkkkkkk. Me faz lembrar da estória da Fada Cisco Quase Nada (até porque a Mina é baixinha hehe) que eu lia pra minha filha quando era pequena: "...Você brinca no seu quarto, vai fazendo confusão, Fada Cisco brinca junto, joga tudo pelo chão e seu quarto fica lindo, assim como ele é...". Espero que passe logo esse "gostinho" pela novidade da minha fadinha Cisco enquanto ainda posso chamar a cortina de n-o-v-a.


Semana que vem chega o meu sofá novo. Ai, ai, ai... adivinha só onde ela gosta de afiar as unhas kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.


=^. .^=

domingo, 5 de setembro de 2010

Só na espreita...

Essa é para terminar o domingo sorrindo. Amei!!


sexta-feira, 13 de agosto de 2010

13 de agosto

...

É sexta?


É treze?

É agosto?



Normal. Mais um dia da semana como outro qualquer. Pelo menos assim deve ser.
Fala sério. Atribuir falta de sorte ao treze de agosto não dá, né? O sujeito é azarado e coloca a culpa na data kkkkkkkk.
E nesse bolo todo ainda por cima colocam os gatos.
Como se fosse possível um animalzinho decidir a má sorte das pessoas.
O que os gatos (e todos os animais) trazem é boa sorte, boas energias, pois são puros, sem maldade.
Trazem carinho, dedicação incondicional, amor, lealdade.
Coisa ruim só vem é do ser humano.
Daí é que vem o baixo astral, a fofoca, a violência, a brutalidade.
Chega de superstição. Ruim é sair da cama de manhã achando que o dia não vai ser bom.


Então, nessa sexta feira, 13 de agosto, desejo muito boa sorte para todos!!
E fica aqui uma "braçada" de gatinhos. Delícia!
Eu contei uns "13" kkkkkkk.



foto: inusitatus.blogtv.uol.com.br

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Música tri legal!!



Eu estava lendo há uns dias a revista Pulo do Gato, edição de fevereiro e lá tem uma matéria fantástica sobre os gatos e a música. Fala sobre como eles curtem um sonzinho e dão dicas bem legais sobre o tipo de música favorita dos bichanos. O som deve ser baixinho, pois a audição deles é mais abrangente, então se estiver baixo pra nossa audição, pra deles está legal.
Fala também que eles curtem piano, oboé, baixo e gostam de corais masculinos, sendo que canto gregoriano é ótimo para eles.

Agora pasmem!! Quem adora gatos sempre gosta de ler artigos em revistas, jornais, internet sobre eles, e sabem muito bem que nem sempre os gatinhos que moram na nossa casa, juntinho da gente reagem as sugestões e técnicas que a gente tenta usar neles exatamente como os comportadinhos miaus das revistas fazem. Mas com o Johnny fechou todas!! Sapecamos no cd player um cd de cantos gregorianos que arrasouuuuuuuuu!!! Quando ele tá muito pilhadinho, apavorando pela casa, entrando numas de destruidor kkkkkkkkkkkkkkkk é só rolar o som que ele - muito fofo e lindinho - sossega, arranja um lugarzinho pra deitar bem confortável e fica todo bonitinho ouvindo música bem baixinho, todo relaxado. Um amor!! Nem parece o sapecão que estava detonando tudo hehehehehehehehe!!!


Com a Mina eu não tentei, porque ela é tão sossegadinha e dorminhoca que cantos gregorianos pra acalma-la seria até maldade kkkkkkkkkkkk!!

Fica aí a dica!! Quem não tiver gregorianos pode tentar com uns clássicos suaves. Acho que a chave são os sons mais graves, tocados bem baixinho.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Carnaval

Saudade... Minha filhota foi para a praia na quarta feira e Mina e eu aqui estamos, doidas de saudade. Minoquinha só quer saber de deitar na cama de Marina, bem em cima da camisola que ficou na cama justamente para isso hehehehehehe.
Marina viajou pra Torres, uma praia linda aqui no litoral do Rio Grande do Sul.
Água clarinha, montanhas, muito verde. Vale a pena conhecer.






O calor continua governando Porto Alegre com a mão firme. Saímos dos 40 graus, mas mesmo assim continua muito quente, abafado, sem vento.
Johnny, que no inverno tinha virado uma bolotinha, até está mais magrinho, pois com o calor ele bebe muita água mas come bem menos.


Pra quem curte o carnaval, boa diversão. Pra quem aproveita o feriado pra relaxar, bom descanso hehehehehe. Eu já separei alguns livros que adoro pra curtir nesse feriado - o Diário de Bridget Jones, Drácula e Dom Casmurro.

Beijocas e ótimo feriado!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...